Neste post você verá uma comparação entre as principais características das modalidades de empréstimo, consórcio de viagem e o Poupa Turismo, enquanto ferramentas para conseguir o dinheiro da sua viagem. Contar com uma ajuda extra para realizar seus sonhos não é reprovável ou sinal de que você é financeiramente desorganizado. Na verdade significa exatamente o contrário! Encontrar as melhores formas de parcelar ou pagar à vista com desconto, ao final de um parcelamento, é justamente a melhor forma de usar o seu dinheiro.

Veja abaixo um quadro resumido e as informações detalhadas a seguir.

Na modalidade dos empréstimos, as principais características são:

Comprometimento de bens para garantia, o que irá impactar diretamente nos juros do seu empréstimo. Quanto mais vale o bem colocado como garantia, por exemplo um imóvel ou veículo, menores as taxas;

– Sem a garantia, os juros são altos e ainda compostos, ou seja, a cada mês o valor total da dívida aumenta e os juros são calculados com base no novo valor. Em alguns casos até o valor liberado no empréstimo, não é o valor total que você precisa, mas um percentual do valor do bem deixado como garantia;

Análise de crédito do tomador para liberação do empréstimo.

A maior vantagem do empréstimo, nessa comparação, é o fato de você receber o dinheiro de forma antecipada ao pagamento, o que é um fator decisivo em alguns casos. 

A modalidade do consórcio funciona como um grupo que faz sua poupança junto e a cada mês, uma pessoa do grupo é contemplada com o valor total da carta de crédito. As principais características de um consórcio de viagem são:

Sem possuem juros, mas a administradora dos recebimentos e pagamentos do grupo cobra uma taxa pelas transações e depreciação do dinheiro, geralmente cerca de 12-20% e alguns contratos incluem ainda outras taxas de adesão e seguro do consórcio (a garantia da continuidade mesmo que outras pessoas do grupo desistam no meio do caminho).

– Vale ressaltar que a maior desvantagem do consórcio é a alta multa de cancelamento, uma vez que o sucesso dele depende de todos do grupo e se você precisar sair, arcará com altos custos ou até a não devolução das parcelas pagas.

A contemplação acontece por sorteio ou lance, ou seja, você não sabe quando será premiado e precisa antecipar parcelas para dar um lance e conseguir sua carta de crédito antes do final do parcelamento. 

Foi pensando em todas essas questões dos créditos disponíveis no mercado que o Poupa Turismo foi desenvolvido. Com um contrato sem burocracia, sem complicações e sem cláusulas abusivas. O maior objetivo é facilitar a compra da sua viagem e não rentabilizar e lucrar com o seu dinheiro, como as instituições financeiras.

No Poupa Turismo:

– Não é feita análise e consulta ao SPC e Serasa;

– Não é necessário colocar bens como garantia;

– Não é necessário ter cartão de crédito;

– Não é cobrado juros. A única taxa nessa modalidade é a administrativa de 12,5% que é diluída nas parcelas;

– Você também pode desistir e cancelar seu plano a qualquer momento, recebendo todo o seu dinheiro de volta (exceto pela taxa administrativa proporcional ao valor já pago);

– Outra vantagem exclusiva do Poupa Turismo é permitir que outras pessoas contribuam com as suas parcelas por meio do Vale-Presente. Essa ferramenta fica disponível para você enviar um convite para seus amigos e familiares e eles podem comprar um vale-presente de qualquer valor que irá direto para o seu Poupa Turismo. 

Esperamos que esse post tenha ajudado a esclarecer algumas dúvidas sobre as vantagens e desvantagens dessas modalidades de crédito. Agora você pode comparar e escolher o que melhor cabe no seu bolso!